Fechar Carregando...
 
Fechar
Carregando...
 

O que é margarinaO que é margarina

Conheça um pouco mais sobre as diferenças entre margarina, creme vegetal e manteiga para controlar melhor a sua dieta.



A palavra margarina vem do grego “margaron”, que significa pérola. Esse nome foi dado devido à sua cor de “pérola”. A margarina foi criada em 1860, na França, a pedido de Napoleão III, para substituir a manteiga. Seu criador foi o químico Hippolyte Mège-Mouriés. Logo após sua descoberta, a margarina começou a ser produzida na Europa e teve a sua primeira fábrica na Holanda, no ano de 1871. Com isso, Mège-Mouriés foi reconhecido em toda a Europa pela descoberta, e no ano de 1873 teve a patente de seu produto registrada nos Estados Unidos (www.margarine.org e Enciclopédia Britânica).
 

As margarinas são compostas principalmente por óleo ou gordura vegetal, água e leite, este com limite máximo de 3% do total da composição. Entre seus itens opcionais de fabricação estão a gema de ovo, a vitamina A e o sal. Existem margarinas diferenciadas, como a Qualy Light, que tem menos calorias. A gordura é ingrediente essencial na composição das margarinas. Quanto mais elevada a presença de lipídios, cujo teor máximo é de 95%, maior a facilidade de espalhar e manusear a margarina. Além, é claro, da melhora no desempenho culinário. Elas são muito utilizadas na preparação de bolos, pães e doces, melhorando o aroma e o sabor dos produtos, além de proporcionar um aumento de volume, melhoria da textura, maciez e capacidade de aeração. 

Uma informação importante: a margarina é um produto regulamentado e fiscalizado pelo Ministério da Agricultura, o que garante sua qualidade no processo de produção.
 

O creme vegetal é um alimento de origem vegetal, formado principalmente pela mistura de óleos e/ou gorduras vegetais e água, podendo ser adicionado de outros ingredientes, como azeite, bacon, queijo etc. É muito usado para passar em pães, torradas e bolos. Sua fabricação não estabelece teor mínimo ou máximo de lipídios. Quando possui na sua formulação outros ingredientes e/ou nutrientes específicos e benéficos para a saúde, o creme vegetal é considerado saudável. Um exemplo de creme vegetal saudável é a Qualy Vita, que é rica em vitaminas A, B6, B12, D, E, além de conter os ômegas 3 e 6.
 

O creme vegetal, assim como a margarina, também é um produto regulamentado e fiscalizado. O órgão responsável por esse trabalho é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA, integrante do Ministério da Saúde, que visa também garantir a qualidade no processo de produção.
 

A manteiga é um alimento de origem animal, que tem como principal ingrediente o creme de leite. Em razão da sua origem, é um alimento que normalmente possui gorduras trans, saturadas e colesterol. Por esse motivo, deve ser consumida com moderação.

A Qualy passou essa história a limpo, confira:
 
A maioria das pessoas pensa que margarina é só para passar no pão, e que a manteiga é melhor na hora de fazer cozidos e assados. Mas isso não é verdade. A margarina, além de poder ser usada no pão, é ideal para as mais variadas receitas culinárias, como, por exemplo, os assados, deixando-os mais dourados e suculentos, além de ajudar a achar o ponto perfeito das massas.
 
Outro boato muito comum é que manteiga é mais saudável que margarina. De acordo com a tabela brasileira de composição de alimentos (TACO), a manteiga apresenta de 49 g a 51 g de gordura saturada e de 201 mg a 214 mg de colesterol a cada 100 g de produto. Já as margarinas apresentam cerca de 21 g de gordura saturada em 100 g do produto e são livres de colesterol. Com relação à quantidade de calorias, as manteigas possuem de 726 kcal a 758 kcal por 100 g, contra 593 kcal das margarinas. Em um estudo feito pelo Inmetro, cinco marcas diferentes de margarinas e manteigas encontradas no mercado foram analisadas. As quantidades médias de gorduras saturadas encontradas nas manteigas foram mais de duas vezes maiores do que as presentes nas margarinas, que têm origem vegetal e não contêm colesterol.
 
http://www.inmetro.gov.br/consumidor/produtos/teorGordura7.asp
 
Também existe a história de que as margarinas são ricas em gordura saturada e gordura trans. Mas esse é outro mito. Diversas margarinas possuem de 7 g a 25 g de gordura trans por 100 g de produto, dependendo da consistência do produto (quanto mais consistente, maior a quantidade de ácidos graxos trans). Porém, existe um processo chamado “interesterificação”, utilizado em todas as margarinas Qualy, que reduz drasticamente a quantidade de gordura trans, chegando a 0,2 g por porção. Com esse baixíssimo teor de gordura trans, é permitida a utilização no rótulo da informação “zero gordura trans” ou “não contém gordura trans”.
Fonte: Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC nº 360, de 23 de dezembro de 2003. Aprova regulamento técnico sobre rotulagem nutricional de alimentos embalados, tornando obrigatória a rotulagem nutricional. D.O.U. de 26/12/2003.
 
Há quem diga que a margarina não traz benefícios, que tudo nela foi adicionado. Isso também não é verdade. A margarina possui vários benefícios à alimentação, principalmente as que não têm gordura trans. Como é elaborada a partir de óleos vegetais poli-insaturados, a margarina possui uma quantidade maior de gorduras poli-insaturadas (que fazem bem ao organismo) se comparada à manteiga: cerca de 1,5 g por 100 g para a manteiga e de 27 g por 100 g para a margarina interesterificada, como é o caso das margarinas da linha Qualy.
Fonte: Organização Mundial de Saúde.
 
Bom, agora que você já sabe que a margarina possui menos gordura saturada e colesterol que a manteiga, lembre-se disso na hora de escolher no supermercado. Seja no café da manhã ou para suas receitas, Qualy sempre ajuda você a levar mais qualidade de vida para casa.